VIGILÂNCIA EM SAÚDE

A Área de Vigilância em Saúde é responsável, em âmbito municipal, por todas as ações de Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses. Seguindo as políticas públicas estabelecidas pelas Secretaria Estadual de Saúde e Ministério da Saúde.

As funções da Área de Vigilância em Saúde incluem:

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

Coordena os programas de prevenção e controle de doenças transmissíveis de relevância nacional, como aids, dengue, malária, hepatites virais, doenças imunopreveníveis, leishmaniose, hanseníase e tuberculose e do Programa Nacional de Imunizações (PNI); investigação de surtos de doença e gestão de sistemas de informação de mortalidade, agravos de notificação obrigatória e nascidos vivos, entre outras ações.

VIGILÂNCIA SANITÁRIA

A Vigilância Sanitária constitui-se de um conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou evitar agravos à saúde da população pelo monitoramento da prestação de serviços de saúde (hospitais, clínicas, laboratórios, etc.) e a circulação de produtos relacionados à saúde (alimentos, medicamentos, saneantes, cosméticos, e produtos para saúde) em todas as etapas, ou seja, desde a fabricação, distribuição, transporte até o comércio. 

Esse monitoramento ocorre mediante a aplicação da legislação sanitária (federal, estadual e municipal), por meio de inspeções sanitárias, orientações técnicas e o cadastramento de estabelecimentos.